Chassi

São tantas notícias sobre roubo e adulteração do número do chassi em carros, é só ligar a televisão ou ler algum jornal para ver alguma informação desse tipo.

Ai você se pergunta “será que na prática, esse número tem mesmo alguma utilidade?”; ou “de onde surgiu a ideia de colocar números nas bases dos carros?”, ou até mesmo “para que serve esse tanto de números?”.

Vamos estudar justamente sobre esse tema que causa tanta confusão na cabeça das pessoas, para que o leitor tenha conhecimento sobre o assunto. Vamos lá?

O que é um chassi

Chassi é o nome dado a uma estrutura de suporte para outros componentes. É a base de um produto que será montado com o acréscimo de outras peças.

O Chassi é geralmente feito de aço, alumínio ou qualquer outro material rígido com o objetivo de sustentação para posterior montagem. Além de carros, também é utilizado em estruturas como comutadores,aparelhos de televisão, barcos, etc.

Também pode ser denominado de NIV, que é a forma curta para “Vehicle Identification Number”.Ele é composto por 17 caracteres alfanuméricos que identificam os veículos automotores em geral.

Como surgiu o registro para carros

Apesar de contar com formas de registros já a partir de 1950, a numeração para o chassi de carros foi criada apenas na década de 70, com o objetivo de coibir os roubos e furtos que aconteciam já à época.

Para dar mais segurança para seus compradores, já que o carro se trata de item de compra e venda de valor alto, as montadoras juntamente com a OMC – Organização Mundial do Comercio, tomaram essa iniciativa.

O código seria aplicado no veículo e teria informações sobre suas características reais; como: local de montagem, ano de fabricação, descrição, país onde foi montado e etc.

As regras para enumerar o chassi dos veículos foram formalizadas apenas na década de 80 através do “ISO 3779”, e produziram efeitos ao redor do mundo. Hoje, essas devem ser respeitadas por todas as montadoras. No Brasil a numeração só começou a ser implantada em 1986-87.

Os números são gravados nele, por ser a base do produto, com o intuito de dificultar sua adulteração.

Mas qual o significado dos números?

De acordo com a Resolução 659/85 do CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito), o Número de Identificação do Veículo (NIV) deve exibir 17 caracteres obedecendo a uma ordenação para compor um código único. Cada parte desse possui um significado diferente, vejamos:

  • Os dois primeiros caracteres indicam a região geográfica e o país de produção.

  • Observaçao: O Brasil é caracterizado pelos tipos de “A” a “E”, e de “3” a “9” (podendo compor, portanto, combinações de 9A a 9E e de 93 a 99).

  • O terceiro caractere assinala qual é o fabricante do veículo. Para a Volkswagen, por exemplo, a letra é “V”, para a Ford, segue a letra “F”; para a General Motors, há a letra “G” e assim por diante.
  • Os próximos 5 caracteres somam informações variadas sobre o veículo. Normalmente, tratam do modelo do automóvel, sua versão, tipo de carroceria, motor, entre outras indicações afins (cada montadora possui seus termos de codificação).
  • Em seguida, um caractere é especificado, na continuação, para o ano de fabricação do carro, podendo ser um número ou uma letra (a letra “A”, por exemplo, indica o ano de 1980; e o algarismo “9”, o ano de 2009).
  • Depois, um caractere para demarcar a localidade de fabricação do veículo.
  • Por último, os algarismos restantes indicam o número de série do carro.


  • Observação: Esse é o bloco com mais variação por se tratar de uma forma de configuação individualizada.

    Qual a finalidade de um registro para chassi?

    Assim como os indivíduos, que possuem documentos de identidade, o carro tem o registro no Chassi para que dessa forma ele também possa ser identificado.

    A sequência de números tem o propósito de: distinguir um carro do outro, verificar casos de acidentes, certificar se o carro não foi adulterado e; além de tudo, comprovar sua autenticidade.

    Evita, com isso, hipóteses de fraudes, onde há venda carros com características de valor maior do que realmente teriam, como um ano de fabricação mais recente, ou o acobertamento de um acidente.

    O registro do Chassi tem como objetivo dificultar que crimes possam ser cometidos nesse sentido. E procuram garantir a segurança de quem compra veículos.
    Não se esqueça que no Consulta pela Placa você pode conferir os dados do carro que deseja comprar. Passe a ter mais segurança na hora da compra e venda. Conte com nosso sistema.